Adeus aos certificados Symantec

O anúncio da Symantec de vender o seu negócio de certificação de sites para a DigiCert deixa os clientes e parceiros da empresa ainda mais inseguros em relação a ao futuro da certificadora.

Eles agora enfrentam ainda mais incertezas com os tipos de produtos, a capacidade e o reconhecimento da marca.

Symantec vende negócio de certificação

Com a venda, a Symantec pode conseguir desviar de punições planejadas pelo Google.

Após uma auditoria, engenheiros do Google e da Mozilla identificaram 30 mil certificados emitidos indevidamente pela Symantec, ao menos um deles para o domínio “google.com”. Certificados não autorizados podem permitir que páginas sejam clonadas para o roubo de dados e senhas.

Por causa dessas falhas, o Google propôs que a Symantec perdesse a sua autonomia e passasse a ser administrada por outra empresa especializada em certificação. A Symantec concordou com o procedimento, mas havia solicitado mais tempo para a transição.

Há algum tempo atrás, o Google declarou sua intenção de seguir alguns critérios com o navegador Chrome em relação aos certificados da Symantec:

  • Reduzir o período de validade máximo aceito dos certificados Symantec recém-emitidos para 9 meses ou menos.
  • Implementar uma desconfiança gradual no navegador Chrome de todos os certificados emitidos pela Symantec.
  • Remoção do reconhecimento do status EV (Extended Validation).

Certificados Comodo - Compre agora!

Comodo líder do mercado

A Comodo, líder do mercado, afirma que não se surpreendeu que a Symantec desapareça com o canal de autoridade de certificação, e ainda prometeu novos certificados e acordos para antigos clientes da Symantec em meio à “incerteza” sobre a transição e a venda.

Com a venda da Symantec para a DigiCert, teoricamente, todos os clientes da Symantec podem receber um novo certificado da DigiCert.

A W3Techs, que analisa sites na web para a geração de estatística, estima que a Symantec detenha 14% do mercado, enquanto a DigiCert controle outros 2,2%.

Realmente a Comodo está dominando o mercado de autoridade de certificados.

A empresa divulgou também que em meio a incertezas da Symantec, há alguns destaques:

  • Contratação de 7 especialistas e líderes no setor de Certificados SSL  da Symantec e da Verisign.
  • Muitos parceiros em todo o mundo, como Trustico, Servertastic, GeoCerts, Hosting 4 Less, Internet.bs, TrustCert (e-Safer) e outros ainda não confirmados.
  • Uma iniciativa para acelerar programas de segurança, liderada por um ex-especialista da Symantec / Verisign.
  • Criação de uma ferramenta de avaliação de certificado de sites online para avaliar se um site é afetado por problemas com certificados da Symantec.

Entre em contato e solicite seu Certificado Comodo clicando aqui.

Fonte: Blog Comodo e G1